Viajar sozinha: como tornar essa experiência única

Hey pessoal!

Hoje eu quero compartilhar com vocês a minha experiência de viajar sozinha. Vou mostrar como eu me organizo e também te dar algumas dicas para tornar esse momento único e maravilhoso.

Vamos começar com o ponto que dói mais, o financeiro;

Ao encarar uma viagem só, você precisa pensar que tudo fica um pouco mais caro, porque você não tem ninguém para dividir a conta do hotel, do Uber, nada. É só você nessa missão.

Então quando começar a organizar sua viagem, pense em todos os seus gastos, faça suas contas para dar tudo certo e não passar aperto.

A segunda coisa, que na minha opinião é a mais IMPORTANTE: você tem que estar bem com você mesma.

A sua companhia ter que ser suficiente para encarar esses dias, claro que você vai ver gente, conversar, mas na maioria do tempo é só você.

Você tem que se bastar.

E se acha que não é uma boa companhia, uma viagem sozinha pode ser a oportunidade certa pra fazer as pazes com você.

         

Mais um ponto é a responsabilidade;

Dessa vez não vai ter ninguém pra te acordar além do seu despertador pra ir pro aeroporto, pra tomar café da manhã ou pra qualquer outro compromisso. Também tem que ser responsável por suas coisas, por não esquecer nada, por achar comida, decidir roteiro de lugares que quer conhecer.

>>Dica: O que fazer na Avenida Paulista

Tudo é por sua conta e risco!

Saiba que essa viagem está em suas mãos então você pode fazer ela ser maravilhosa ou não.

Outra dica que eu dou é sobre segurança;

Infelizmente o Brasil é um dos lugares mais perigosos do mundo pra quem viaja sozinho, é uma pena, mas enfim. Então tomem alguns cuidados com os lugares para onde vão (não estou querendo desesperar é só cuidado ein).

Uma coisa que eu faço sempre é contar a alguém onde estou indo, assim se acontecer algo tem uma pessoa que sabe onde eu fui.

Uma dose de coragem também cai bem.

Não pense que eu sou a pessoa mais corajosa do mundo viajando sozinha, pelo contrário, eu tenho medo, sou ansiosa, mas com o tempo eu aprendi a lidar com isso tudo.

Tento pensar menos possível no meu medo (não posso deixar de viajar por causa dele) e quando saio de casa eu vou rezando.

Não precisamos de toda coragem do mundo para viajar, um pouquinho dela já vai bem.

Voltando de São Paulo eu fiquei com sentimento enorme de gratidão, porque foi muito boa a viagem, de como aconteceram as coisas, tudo foi feito com muita tranquilidade.

E eu também estava bem comigo, fui uma ótima companhia. E eu estava precisando desse momento de recarregar energias.

Quando estamos bem conosco tudo fica muito mais fácil!

Acho que todo mundo uma vez na vida deveria viajar sozinho, você vai descobrir coisas importantes sobre você e sobre o lugar em que está.

Claro que eu adoro ter companhia nas viagens, mas saber que você consegue ficar sozinho e ser responsável é bom demais.

Depois disso tudo que falei está pronta pra viajar sozinha? Espero que eu tenha te convencido que sim.

Espero que vocês tenham gostado das dicas e já vou dá uma ajudinha na organização da viagem de vocês deixando o link do Checklist de Viagem, garanto que vai facilitar uma vida na hora de arrumar a mala.

>>Checklist de viagem para nunca mais esquecer as coisas em casa

Acompanhe o blog nas redes sociais:

Instagram: @blogeuamo

Twitter: @blogeuamo

Facebook: blogeuamo

Beijocas <3

#UmMundoDeHistórias